Histórico do programa

A Universidade de Brasília (UnB) foi criada com o objetivo de estabelecer um novo padrão de universidade brasileira que formasse cientistas e técnicos atuantes e inovadores e promovesse o desenvolvimento do país e do Distrito Federal. A missão da Universidade é: produzir, integrar e divulgar conhecimento, formando cidadãos comprometidos com a ética, a responsabilidade social e o desenvolvimento sustentável. O campus da UnB em Planaltina (FUP) é a unidade acadêmica da UnB que compõe o campus avançado da mesma cidade de Planaltina. Situa-se a 40 km da reitoria da UnB e do campus Darcy Ribeiro. A FUP teve seus trabalhos formalmente iniciados em fevereiro de 2006 com a realização do primeiro vestibular para os cursos de Licenciatura em Ciências Naturais e Bacharelado em Gestão do Agronegócio.  O Curso de Licenciatura em Educação do Campo foi iniciado em 2007 e, em 2008, foram abertas turmas de Bacharelado em Gestão Ambiental e Licenciatura em Ciências Naturais no período noturno. A FUP oferece cinco (5) cursos de graduação e conta com um corpo docente com cerca de 100 doutores em diversas áreas do conhecimento.

As competências instaladas no âmbito dos diferentes cursos de Bacharelado e Licenciatura da FUP revelam um potencial de pesquisa que cobre um amplo espectro das ciências ambientais e naturais, indo de competências altamente qualificadas na área da ecologia e das geociências, da física e química ambientais, da ecotoxicologia, além da saúde pública e ambiental. Nessa mesma perspectiva, há um excelente potencial entre os docentes das ciências humanas e sociais, com diversas áreas de especialização como, por exemplo, sociologia, antropologia, geografia, educação, história, administração, economia, entre outras. Esses docentes estão voltados para o ensino e a pesquisa nos cinco cursos da FUP, com ênfases em agronegócio, desenvolvimento rural, educação do campo, gestão ambiental, se tornando um excelente potencial para trabalho interdisciplinar. Esse potencial acadêmico-científico interdisciplinar, instalado na FUP, possibilitou a criação de programas de pós-graduação interdisciplinares, sendo o caso do Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural (PPG-MADER).  

O programa nasceu no contexto da expansão da rede de universidades federais brasileiras ao longo dos últimos anos, em um dos novos campi da Universidade de Brasília (UnB) no Distrito Federal (DF), o campus de Planaltina (FUP/UnB). Este campus teve suas atividades acadêmico-científicas e administrativas iniciadas em 2006 para atender diversas regiões administrativas (RAs) do DF e entorno, tais como Água Fria de Goiás, Brazlândia, Buritis, Cabeceiras, Formosa, Planaltina (DF), Planaltina de Goiás, Sobradinho I, Sobradinho II, e Vila Boa. Desde 2006 a FUP/UnB propôs, aprovou e implantou diversos cursos de graduação, tendo atualmente em pleno funcionamento os cursos de Licenciatura em Ciências Naturais e Licenciatura em Educação do Campo, além de dois bacharelados: Gestão do Agronegócio e Gestão Ambiental. A demanda de professores decorrente desse conjunto de cursos de graduação gerou na FUP um corpo docente altamente multidisciplinar que foi agrupado nos seguintes Colegiados de Área de Conhecimento: Ciências Exatas, Ciências da Vida e da Terra, Ciências Sociais, Ciências Sociais Aplicadas e Tecnologia, Ciências da Educação e Linguagens.

É no bojo dessas mais diversas competências e especialidades acadêmico-científicas instaladas na FUP que se identificaram vários pontos convergentes em termos dos interesses e atuações em pesquisas lidando com grandes questões contemporâneas e de atualidade na interface entre meio ambiente e desenvolvimento rural no Brasil. O PPG-MADER teve seu primeiro processo seletivo em 2012 e, desde então, tem aberto editais de seleção anualmente.